Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Governo do Estado entrega Corredor Ecológico em Macaé

Programa reflorestou 16 quilômetros de vegetação nativa da Mata Atlântica em menos de dois anos
Foto: Reprodução

O Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Macaé, entregou, nesta quinta-feira (20), o Corredor Ecológico – Parque Atalaia + ReBio União, um dos principais programas de reflorestamento da região. Em menos de dois anos, o projeto recompôs 16 quilômetros de vegetação nativa da Mata Atlântica às margens do Rio Macaé, no Norte Fluminense.

“O que avançamos até aqui é digno de reconhecimento. Um projeto de restauração parece uma ação singela, mas é muito transformador. A cidade cresceu muito, toda a região exige demais da bacia hidrográfica do Rio Macaé, portanto nós temos que ter mecanismos em favor da natureza”, declarou o governador em exercício e secretário do Ambiente e Sustentabilidade Thiago Pampolha.

A iniciativa é uma contrapartida do grupo empreendedor do Terminal Portuário de Macaé (Tepor), que precisou suprimir uma faixa de vegetação do local para instalar oleodutos do projeto. A medida compensatória alcança 32,5 hectares de áreas de matas nativas, situadas entre as Fazendas Três Marias e Barrancas.

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, destacou a importância da ação na preservação do Parque Municipal do Atalaia.

“Essa ação é fundamental para unir o ReBio União, reserva biológica do Governo Federal, com o Parque Atalaia, um dos maiores do Estado do Rio de Janeiro. Nós também queremos ampliar essa área e, por isso, o município vai comprar um terreno destinado à preservação do parque”, afirmou o prefeito de Macaé, Welberth Rezende.

A recomposição da vegetação, essencial para proteção das nascentes e cursos de corpos hídricos interligados à Bacia do Rio Macaé, cumpre as diretrizes estabelecidas pelo Programa Pacto pelas Águas, do Instituto Estadual do Ambiente. O programa tem como objetivo proteger e recuperar mananciais estratégicos de abastecimento do Estado do Rio de Janeiro, garantindo a segurança hídrica e a saúde dos ecossistemas da região.