Ouça agora

Ao vivo

Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Destaque
Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Brasil
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Destaque
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Maricá
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Destaque
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Costa do Sol
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Angra reforça a atualização do CadÚnico
Angra dos Reis
Angra reforça a atualização do CadÚnico

Fluminense sofre, mas vence Red Bull Bragantino e encerra “seca” de cinco partidas

Tricolor das Laranjeiras voltou a vencer e saltou na tabela do Brasileirão; Massa Bruta fica na metade baixa da classificação
Marcelo Gonçalves / Fluminense

Foi com sofrimento e com pressão adversária até o fim, mas o Fluminense conseguiu, enfim, reencontrar o caminho das redes e das vitórias. Muito pressionado após quatro derrotas seguidas na temporada, o Tricolor Carioca alternou bons e maus momentos diante do Red Bull Bragantino no Maracanã, mas atingiu seu objetivo primário: somar os 3 pontos.

Com o resultado, o Flu chega aos 16 pontos e sobe provisoriamente para a 4ª posição do Brasileirão, voltando a figurar entre os líderes. O Massa Bruta segue com 13 pontos e vai terminar a rodada na 11ª colocação.

Muito nervoso nos primeiros 20 minutos de partida, o clube carioca foi dominado pelo Massa Bruta e viu Fábio ser exigido duas vezes em finalizações de média distância. A partir da segunda metade da etapa inicial, o Fluminense “entrou no jogo” e construiu seus dois gols: o primeiro em belo contra-ataque puxado por Jhon Arias e finalizado por Ganso; e o segundo com Felipe Melo, aproveitando sobra de bola parada dentro da grande área.

O Bragantino voltou melhor para o segundo tempo e descontou com um golaço de Thiago Borbas, que havia entrado no intervalo. Aos oito minutos, o atacante recebeu de Eduardo Sasha na entrada da área e finalizou firme, cruzado, deixando Fábio sem reação e deixando o jogo mais aberto no Maracanã.

O gol do Bragantino incendiou a partida e aumentou a tensão no Maracanã, mas foi neste momento que três pilares do time de Fernando Diniz se destacaram: Jhon Arias, incansável na frente; André, brilhante nos desarmes; e Nino, um leão na marcação. A vitória por 2 a 1 encerra uma sequência de cinco partidas sem triunfo e sem bolas nas rede por parte do Fluminense, e recoloca o Tricolor no pelotão da frente do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
Fluminense 2 x 1 RB Bragantino
Local:
 Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: domingo (4), às 16h00
Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima (PE)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PR)
Árbitro de vídeo: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR Fifa-RN)

Gols: Ganso, aos 26’/1T (Fluminense); Felipe Melo, aos 33’/1T (Fluminense); Thiago Borbas, aos 8’/2T (RB Bragantino)

FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Nino (David Braz), Felipe Melo (Manoel) e Guga; André, Martinelli, Lima (Thiago Santos) e Ganso (Lelê); Jhon Arias e Keno. Técnico: Fernando Diniz

RB BRAGANTINO: Cleiton; Hurtado, Luan Patrick (Eduardo Santos), Léo Realpe e Juninho Capixaba (Guilherme Lopes); Matheus Fernandes (Thiago Borbas), Eric Ramires (Jadsom Silva) e Lucas Evangelista; Helinho (Mosquera), Vitinho e Eduardo Sasha. Técnico: Pedro Caixinha