Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Fluminense recusa proposta do Besiktas por Nino

Clube turco ofereceu R$ 31,8 milhões para levar o zagueiro nesta janela
Foto: Marcelo Gonçalves

O Fluminense recusou nos últimos dias uma proposta do Besiktas, da Turquia, pelo seu capitão Nino. A oferta, que gira na casa dos € 6 milhões de euros (R$ 31,8 milhões na cotação atual), a proposta não agradou o Tricolor tanto pelo valor como também pela forma de pagamento de forma parcelada. O zagueiro, de 26 anos, tem contrato em Laranjeiras até o fim de 2024.

Fluminense é dono de 60% dos direitos econômicos de Nino, enquanto os outros 40% pertencem ao Criciúma. Se aceitasse a oferta, receberia € 3,6 milhões de euros (cerca de R$ 19 milhões). Além disso, o Besiktas queria o zagueiro na atual janela para começar a temporada na Turquia, mas a diretoria tricolor considera o jogador vital para buscar o tão sonhado inédito título da Libertadores e por isso sequer abriu conversas com os turcos. O Flu só pretende ouvir propostas na janela de janeiro.

Campeão olímpico com o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, Nino começou esse ano a ser convocado para a seleção brasileira principal, para os amistosos contra Guiné e Senegal no último mês de junho, mas acabou cortado antes da viagem por conta de uma lesão. Mas a expectativa é que o zagueiro volte a ser chamado, o que valorizará ainda mais o zagueiro no mercado.

Nino chegou ao Fluminense por empréstimo do Criciúma em 2019, ainda na gestão Pedro Abad, com opção de compra de 50% fixada em R$ 5 milhões. Já no mandato de Mário Bittencourt, o clube exerceu a opção, que foi paga da seguinte forma: R$ 2 milhões parcelados e o repasse de um crédito de R$ 3 milhões que o Corinthians devia ao Tricolor. Mas na negociação, o Flu conseguiu ficar com mais 10% dos direitos econômicos pelo mesmo valor, totalizando os 60% atuais.