Ouça agora

Ao vivo

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Estado
Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Destaque
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Costa do Sol
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Angra dos Reis
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Maricá
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar
Estado
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Exclusivo: Presidente da Cet Rio fala sobre os problemas da mobilidade urbana do Rio

Em entrevista ao programa "Café da Manhã" com William Travassos, Joaquim Dinis, presidente da Cet Rio, afirmou que após ser sancionada a lei que alterou a escala de trabalho da Guarda Municipal, iremos voltar a ver os agentes nas ruas.
Foto: Reprodução

Na manhã desta terça-feira (11), o presidente da Cet Rio, Joaquim Dinis, falou com exclusividade para Rádio Manchete, durante o programa “Café da Manhã”, com o William Travassos sobre os problemas da mobilidade urbana do Rio.

Durante a entrevista, Joaquim destacou a questão da necessidade dos cariocas precisarem se deslocar ao mesmo tempo para chegar até seus locais de trabalho. De acordo com Dinis, esse deslocamento simultâneo sobrecarrega as vias e citou os exemplos de pessoas que saem de São Gonçalo, Niterói em direção a capital do Rio, devido a uma grande concentração de empregos na região do centro, na zona sul e Tijuca.

Outro ponto abordado por Dinis como problema de mobilidade são os véiculos de aplicativo. Segundo ele, os veículos muitas vezes substtitui o transporte público, onde as pessoas deixam o seu veículo em casa mas ao invez de utilizar o transporte público, opta pelos véiculos de aplicativo e com isso se tem mais veículos circulando na rua.

Como solução para essaa questões, o presidente da Cet Rio destacou os investimentos feito para a melhoria do transporte público do Rio de Janeiro.

“As informações que eu tenho da Mobi Rio é que a gente praticamente dobrou. o número de passageiros nos BRT’s com a entrada dos novos ônibus articulados… Ou seja você estimula as pessoas dando um transporte de melhor qualidade, a usar o transporte de maior capacidade, aí você otimiza a utilização das vias”.

Questionado pelo apresentador William Travassos sobre o quantitativo de agentes atuando na cidade e se esse número seria suficiente, Dinis disse que a Cet Rio está cuidando do trânsito junto com a Guarda Municipal. Segundo ele, após ser sancionada a lei que alterou a escala de trabalho, aumentou muito o efetivo da Guarda.

“A gente vai voltar a ver a guarda municipal na rua, isso ajuda na questão da fluidez, ajuda na questão de deixar os cruzamentos livres, na questão de coibir estacionamentos irregulares que é um grande problema também”.

Ao final da entrevista Dinis afirmou que a Cet Rio tem buscado soluções para melhorar a mobilidado do Rio e que outras melhorias tem sido feitas, como respeitar as normas de trânsito, que é essencial e que eles inauguram um projeto que é feito nas escolas públicas com crianças sobre “educação no trânsito”, para que quando essas crianças se tornarem adolescente e adultos, elas tenham outro comportamento e visão sobre o tema.

Confira a entrevista completa: