Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Art&Bier fecha primeira semana unindo rock e motocicletas
Maricá
Art&Bier fecha primeira semana unindo rock e motocicletas

Estudantes da rede estadual de ensino conquistam medalhas de bronze em Olimpíada Internacional de Matemática, nos EUA

Única representante de escolas estaduais, equipe do Colégio Estadual Marechal Zenóbio da Costa se destaca na competição.
Foto: Reprodução

Lembram deles? O time da estudantes da Baixada Fluminense, que participou da Olimpíada Internacional de Matemática, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, tem muitos motivos para comemorar: os alunos acabam de conquistar três medalhas de bronze em solo americano. Eles desembarcam no aeroporto Rio-Galeão, no próximo sábado (15), com várias histórias para compartilhar com suas famílias e colegas da rede estadual de ensino.

Eduardo Barcellos, Gabriela Tavares, Gabriel Miranda, Luísa Costa, Yasmin Caldas e Rafael Lopes, do Colégio Estadual Marechal Zenóbio da Costa, em Nilópolis, Baixada Fluminense, disputaram o torneio com jovens de 25 países, que conseguiram se classificar para a final do torneio. Eles vão trazer para casa três medalhas como lembrança de uma experiência incrível.

E todos dedicam a vitória aos professores de Matemática Fernando Rocha e Aline de Souza, pelo trabalho realizado com o projeto Sala de Aula Invertida, que utiliza metodologia de aprendizagem de Matemática baseada em desafios, e à diretora-geral Elaine Cândido.

Ganhar esta medalha para o Brasil é simplesmente incrível! Isso prova que nenhum sonho é impossível, já que sempre tive muita dificuldade em Matemática. O projeto me ajudou a enxergar que eu sou capaz. Se eu consigo, você também consegue!”, disse Yasmin Caldas, aluna da 1ª série do Ensino Médio e filha de professora de Português da rede estadual de ensino, que conquistou a medalha de bronze na categoria IV.

Para Elaine Cândido, diretora-geral do colégio, a conquista serve para demonstrar o valor do ensino público no estado do Rio de Janeiro.

“É uma grande emoção! A medalha é muito mais do que um título, é uma vitória da educação pública. É a personificação da realização de sonhos, mostrando que determinação e empenho são capazes de romper barreiras. Somos gratos à Seeduc-RJ e ao Governo do Estado pela credibilidade!”,  comemorou a diretora.

Brasil na Olimpíada Internacional de Matemática

A Olimpíada Internacional de Matemática acontece todo ano e é destinada a alunos do Ensino Médio. A competição é a mais antiga das olimpíadas internacionais de Ciências. O Brasil participa da disputa desde 1979. Em 44 anos, o país conquistou 12 medalhas.

O Colégio Estadual Marechal Zenóbio tem bom desempenho em Olimpíadas. Em competições nacionais e internacionais de matemática, a unidade escolar é reconhecida pelo alto desempenho dos alunos do projeto da Sala de Aula Invertida intitulado SICMA MATHEMA.

Foto: Reprodução