Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Espanha pode ter encontrado embarcação com 200 imigrantes desaparecidos

A rota de migração atlântica, normalmente usada por migrantes da África subsaariana, é uma das mais mortais do mundo.
Barcos de madeira utilizadas por migrantes para chegar até as Ilhas Canárias. Foto: Reprdução

Um avião de reconhecimento espanhol encontrou o que poderia ser uma embarcação de pesca do Senegal com cerca de 200 imigrantes a bordo e que está desaparecida há quase duas semanas, informou o serviço de resgate marítimo nesta segunda-feira (10).

O avião encontrou um grande barco com cerca de 200 pessoas a bordo, há 71 milhas ao sul de Gran Canaria [uma ilha espanhola]”, disse um porta-voz do serviço à Reuters, acrescentando que é “possível” que seja a embarcação desaparecida.

Um navio de resgate estava a caminho e levaria cerca de duas horas e meia para chegar ao local, acrescentou o porta-voz. A condição dos migrantes era desconhecida.

300 pessoas que viajavam em três barcos de imigrantes do Senegal para as Ilhas Canárias, na Espanha, desapareceram, disse o grupo de ajuda Walking Borders no domingo.

A rota de migração atlântica, normalmente usada por migrantes da África subsaariana, é uma das mais mortais do mundo. Pelo menos 559 pessoas morreram em 2022 em tentativas de chegar às Ilhas Canárias, de acordo com a Organização Internacional para Migração da ONU.

Dados da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira Frontex mostram que 1.135 migrantes originários do Senegal chegaram às Canárias neste ano.