Ouça agora

Ao vivo

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Estado
Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Destaque
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Costa do Sol
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Angra dos Reis
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Maricá
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar
Estado
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Entenda o motivo de a Prefeitura confiar mais no sistema Jaé do que no Riocard

Com o novo sistema, haverá um intermediário entre as duas pontas, a prefeitura, para evitar esse conflito de interesses.
Imagem: Reprodução

O prefeito Eduardo Paes anunciou detalhes sobre o início da operação do Jaé, um novo modelo de bilhetagem eletrônica. Com o novo sistema, haverá um intermediário entre as duas pontas, a prefeitura, para evitar esse conflito de interesses.

Atualmente, o Riocard TI é administrado pelos próprios empresários que operam as linhas de ônibus da cidade. Todas as receitas arrecadadas nas viagens vão para uma conta da Riocard T.I, que distribui esses recursos entre as empresas. Com o Jaé, esses recursos passarão a ser controlados diretamente pela prefeitura, depositados em uma conta pública, e caberá a ela calcular e dividir as receitas entre as empresas. O controle pleno será efetivo a partir de fevereiro de 2024, quando o novo modelo não aceitará mais o Riocard.

A Riopar Participações, que controla a Riocard TI, contesta a prefeitura e defende que o modelo atual é transparente.