Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Esportes
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Projeto Livros nas Praças estará na Praça Mauá nesta terça-feira, feriado de São Jorge
Rio de Janeiro
Projeto Livros nas Praças estará na Praça Mauá nesta terça-feira, feriado de São Jorge
Secretaria de Estado de Saúde identifica aumento de casos de bronquiolite
Estado
Secretaria de Estado de Saúde identifica aumento de casos de bronquiolite

Doação de uma tonelada em produtos é doado em inauguração de Banco de Alimento em São Pedro da Aldeia

A iniciativa visa minimizar a fome e o desperdício de produtos que perderam valor de comercialização no Centro de Abastecimento da cidade, o CEASP.
Foto: Reprodução

O Centro de Abastecimento de Alimentos de São Pedro da Aldeia (CEASP), inaugurou em São Pedro da Aldeia o primeiro Banco de Alimentos do interior do Rio de Janeiro. O espaço é adaptado para receber, dos boxistas e lojistas que fazem parte desse empreendimento privado, todo o excedente de frutas, verduras e legumes que perderam o valor de comercialização, mas ainda são próprios para o consumo. Só em três dias de funcionamento foi triada e doada uma tonelada de alimentos.

Toda doação, a principio é destinada a entidades beneficentes de São Pedro da Aldeia, município onde está localizado o CEASP. Não há distribuição direta no local para pessoas físicas; apenas a triagem, realizada por intermédio do trabalho voluntário de 15 representantes dessas instituições sem fins lucrativos, entre elas a Pestalozzi, que semanalmente faz a distribuição de cestas e oferece refeições a pessoas carentes.

Um dos sócios-empreendedores do CEASP, Gustavo Scarambone, explica que o empreendimento atua sob princípios do combate à fome e ao desperdício estabelecidos pela ONU e que ele e os demais sócios optaram pela distribuição ser feita pelas entidades que detém o cadastro e conhecem as famílias em situação de insegurança alimentar.

Gustavo também ressaltou que a solidariedade dos locatários que fazem parte do Centro de Abastecimento é a condição para que o Banco pudesse ser inaugurado. “Sem a doação da mercadoria que movimenta cada um dos negócios do CEASP, não conseguiríamos levar à frente o nosso projeto de minimizar a fome e o descarte de alimentos que podem ser consumidos”, pontuou Scarambone.

O engenheiro agrônomo do CEASP, Márcio Piratello, responsável pela implantação do Banco de Alimentos, ressalta que além da iniciativa social contribuir para combater a fome e o desperdício, também promove a sustentabilidade e a proteção ao meio ambiente.

“Criar mecanismos para amenizar a insegurança alimentar beneficia diretamente as pessoas em situação de vulnerabilidade social e ao mesmo tempo a natureza, o que consequentemente é um benefício para todo mundo”, finalizou Márcio.