Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Doação de sangue na Alerj coleta quantidade para beneficiar mais de 400 pessoas

Iniciativa aconteceu na galeria do plenário da Assembleia e resultou na doação de cerca de 100 bolsas de sangue
Foto: Thiago Lontra

Os servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e a população fluminense se uniram, nesta terça-feira (08), em uma missão de solidariedade: eles movimentaram a galeria do plenário da Casa para doar sangue. A ação, que foi realizada em parceria com o Hemorio, coletou 100 bolsas, quantidade suficiente para ajudar mais de 400 pacientes, já que cada bolsa de sangue tem capacidade de armazenar 450 ml, o suficiente para salvar cerca de quatro vidas.

A importância da iniciativa foi destacada pelo presidente da Alerj, deputado Rodrigo Bacellar (PL).

“Essa foi mais uma relevante ação da Alerj voltada à população. Quero enaltecer também a parceria com o Hemorio, cuja estrutura e apoio foram fundamentais para que a campanha aqui na Alerj tivesse um resultado positivo. Agradeço aos servidores da Casa pela mobilização e a todos aqueles que doaram sangue”, disse o parlamentar.

Após passarem por uma triagem médica (para saber se estavam aptos ou não), os doadores contaram com seis cadeiras especializadas para coleta de sangue e disponibilizadas pelo Hemorio, além do suporte da equipe do Departamento Médico da Alerj. No final da coleta, eles receberam um lanche para repor as energias.

Responsável técnico pela coleta e médico do Hemorio, Odilon Valle comentou que a união com a Alerj é essencial para a promoção do incentivo à doação de sangue e que o material será usado para dar suporte às principais emergências, maternidades e unidades de saúde do Estado do Rio. “Essa iniciativa é de suma importância para a gente, já que a tendência é aumentar a frequência e o número de sangue coletado porque a ida das pessoas ao Hemorio vem diminuindo. Isso mostra como a coleta externa é essencial”, explicou.

Doação passará a ser permanente na Alerj

Cada bolsa de sangue pode ajudar quatro pessoas e elas são usadas para diversos pacientes, como em casos de tratamento de câncer, traumas graves, cirurgias de grande porte e até anemias agudas ou crônicas. O diretor do Departamento Médico da Casa, Samy Chitayat, responsável pela organização da campanha, celebrou os resultados da coleta. Segundo ele, a Alerj pretende fazer da parceria uma iniciativa permanente. “A nossa intenção é fazer essa doação uma vez a cada semestre para ajudar a manter os bancos de sangue sempre com estoque positivo”, contou o médico.

Parlamentares da Alerj, como as deputadas Franciane Motta (União) e Marina do MST (PT), também abraçaram a causa. “Tenho certeza de que estamos fazendo uma contribuição enorme para a sociedade. Também serve de incentivo a todo mundo que possa vir doar”, disse Marina do MST, que convidou os funcionários de seu gabinete para participar da ação.

A onda de solidariedade ultrapassou as portas da Assembleia. A advogada Renata Albuquerque soube da iniciativa pelas redes sociais e aproveitou para renovar sua doação.

“Trabalho aqui perto e acho muito importante fazer campanhas em locais que facilitem a vida das pessoas, assim elas não precisam mais se deslocar para um lugar só”, elogiou.