Ouça agora

Ao vivo

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Estado
Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Destaque
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Costa do Sol
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Angra dos Reis
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Maricá
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar
Estado
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Djokovic é tricampeão em Roland Garros e chega a 23 Grand Slams

Sérvio arrasa o norueguês Casper Ruud, supera Alcaraz na liderança do ranking e se torna o maior vencedor, isolado, dos principais torneios do tênis entre os homens
Foto: REUTERS/Christian Hartmann

O dia dos sonhos chegou para Novak Djokovic. Neste domingo, o sérvio conquistou seu terceiro título de Roland Garros, voltou ao número 1 do ranking mundial e se isolou como o tenista, entre os homens, com mais títulos de Grand Slam: 23 (o espanhol Rafael Nadal tem 22). Djokovic derrotou, na final no saibro parisiense, o norueguês Casper Ruud por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (1), 6/3 e 7/5. Ele passou a ser o tenista mais velho campeão em Roland Garros, com 36 anos e 20 dias.

O maior vencedor de Grand Slams entre os homens soma, agora, 94 títulos e retrospecto de 1.058 vitórias e 210 derrotas. Entre as mulheres, a australiana Margaret Court tem 24 Grand Slams e a americana Serena Williams, 23. Em premiação, o sérvio faturou 169.596.242 euros (cerca de R$ 909 milhões), com os 2,3 milhões de euros (R$ 12,33 milhões) ganhos em Roland Garros 2023.

Ele volta ao topo do ranking mundial. Com 387 semanas como número 1, Djokovic é o tenista com mais tempo na liderança. A conquista em Roland Garros 2023 o fez superar o espanhol  Carlos Alcaraz, eliminado por ele nas semifinais.