Ouça agora

Ao vivo

Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Costa do Sol
Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Norte Fluminense
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Angra dos Reis
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Maricá
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Estado
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Rio de Janeiro
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho

Dia do motociclista: 80% dos acidentes fatais na Linha Amarela são com motos

Para diminuir os números, Lamsa distribui 500 antenas antilinhas nesta quinta-feira (27)
Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (27), a Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, distribui 500 antenas antilinhas de pipa e promove uma campanha educativa para conscientizar sobre a importância da segurança no trânsito.

A ação acontece em parceria com a campanha Cerol Mata, das 14h às 17h, no recuo localizado antes da entrada do Túnel da Covanca, na pista sentido Fundão.

Além dos atendimentos, a concessionária tem investido em parcerias educativas e informativas em busca de uma mudança no comportamento dos motociclistas e motoristas no trânsito.

A empresa também desenvolveu um painel eletrônico de inteligência empresarial, que auxilia o monitoramento na Linha Amarela e agiliza a tomada de decisões na busca pela redução de ocorrências. Após análise dos dados, trechos com maiores índices de acidentes tiveram reforço na sinalização.

Outra medida adotada foi a pioneira instalação de uma faixa azul, de 150 metros, próximo à Praça do Pedágio, para tráfego exclusivo de motos.

Acidentes em alta 

Somente nos seis primeiros meses deste ano, a Linha Amarela registrou um aumento de 51% no número de acidentes na comparação com o mesmo período de 2022. Entre janeiro e junho de 2023, foram 321 acidentes na via, contra 212 no mesmo período de 2022. Houve também o aumento das ocorrências envolvendo motos, diante do crescimento do fluxo de veículos na rodovia. Até junho de 2023, 80% dos acidentes fatais na Linha Amarela foram com motociclistas.

Apenas neste ano, já foram registradas 178 ocorrências com motos na via expressa, sendo 116 com vítimas e seis causadas por corte de linha de pipa. “O índice de acidentes de trânsito, até junho de 2023, já é maior em comparação com o mesmo período de 2022, especialmente os que envolvem motociclistas. Estamos sempre prontos para atender nossos usuários em caso de emergência, porém é fundamental para a segurança de todos termos motoristas cada vez mais conscientes e utilizando equipamentos que os protegem e ajudam a salvar vidas”, destaca José Carlos Viana, gerente de Operações da Lamsa.

No total, foram feitos 860 atendimentos médicos e 14.660 atendimentos mecânicos no primeiro semestre deste ano ao longo da via que recebe, em média, 120 mil motoristas por dia.