Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

De virada, Olímpia vira para cima do Flamengo no Paraguai

Paraguaios triunfam por 3 a 1 no Defensores del Chaco, eliminam o Rubro-Negro e encaram o Fluminense nas quartas de final
Foto: NORBERTO DUARTE

O Flamengo está eliminado da Copa Libertadores. No Paraguai, uma atuação muito ruim e cheia de falhas na bola aérea defensiva fez com que o Rubro-Negro fosse derrotado por 3 a 1 para o Olimpia, nesta quinta-feira, no Defensores del Chaco, e se despedisse da competição. Todos os gols paraguaios, marcados por Bruera, Torres e Ortiz, foram de cabeça. Bruno Henrique até balançou as redes, mas não conseguiu impedir o desastre.

Classificado, o Olimpia será o adversário do Fluminense nas quartas de final da Libertadores. A Conmebol ainda não definiu as datas, mas os duelos serão nas semanas dos dias 23 e 30 de agosto. A ida será no Maracanã e a volta no Defensores del Chaco.

Já o Flamengo terá que se contentar com as competições nacionais. No Campeonato Brasileiro, está em segundo lugar com 31 pontos conquistados, 13 a menos que o líder Botafogo. Já na Copa do Brasil, tem a vantagem após vencer o Grêmio por 2 a 0, no jogo de ida da semifinal. A volta será no próximo dia 16.

Com a queda para o Olimpia nas oitavas de final da Libertadores, o Flamengo coleciona a sua quinta eliminação com apenas oito meses de temporada. O Rubro-Negro está vivo apenas no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Já nas outras competições…

  • Recopa Sul-Americana: vice para o Independiente Del Valle
  • Supercopa do Brasil: vice para o Palmeiras
  • Mundial de Clubes: eliminado para o Al Hilal
  • Campeonato Carioca: vice para o Fluminense
  • Libertadores: eliminado para o Olimpia

Muita briga e pouco futebol. O primeiro tempo no Defensores del Chaco foi muito abaixo do esperado. O placar foi de 1 a 1, com gols marcados por Bruno Henrique e Iván Torres até então, mas nenhuma das equipes apresentou um futebol de encher os olhos. Tirando os primeiros e movimentados 15 minutos, quando os gols de Flamengo e Olimpia saíram quase que em sequência, pouco há para se relatar da primeira etapa.

O Flamengo se defendeu muito bem, mas pouco criou no ataque. O gol saiu numa cobrança de falta cobrada por Arrascaeta, que Bruno Henrique desviou. De resto, tentativas de ligações diretas e aposta na velocidade do atacante. Muito pouco.

Já o Olimpia apostou em cruzamentos. O gol do Iván Torres foi originado desta forma. Mas faltava muito para ser uma equipe perigosa, de fato. A defesa do Flamengo estava levando a melhor pelo alto. Apenas um chute de fora da área foi dado. De resto, tem muita dificuldade quando a bola está no pé e tem dificuldade de criar.

Já na segunda etapa, o desastre se tornou realidade. O Olimpia seguiu apostando na estratégia de cruzar bolas de qualquer área do campo para a área. A diferença é que a entrada de Bruera mudou o cenário da partida. Ele foi decisivo para ajudar os paraguaios a levarem vantagem no jogo aéreo.

Todos os três gols do Olimpia foram marcados de bolas levantadas na área. Além de Iván Torres no primeiro tempo, o próprio Bruera e Ortiz acertaram belas cabeçadas. A do volante, inclusive, foi a que chamou mais atenção por sequer ter a necessidade de sair do chão, mostrando os erros da defesa do Flamengo.

No Rubro-Negro, a única chance durante todo o segundo tempo foi o gol impedido de Victor Hugo, já no acréscimo. No lance, Gabigol apareceu em posição de impedimento. A eliminação vem muito pelo fato de ter sido anulado durante toda a segunda etapa.

Após a eliminação na Libertadores, o Flamengo volta a campo diante do São Paulo, no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro é o vice-líder da competição, enquanto o São Paulo está em nono lugar.