Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Contrato longo, título e projeção na Europa: os trunfos do Botafogo para ter Bruno Lage

Clube oficializa proposta por treinador, e John Textor põe projeto de carreira como carta na manga por resposta positiva

O Botafogo foca as energias para cima de Bruno Lage, o principal alvo de John Textor para substituir Luís Castro, que deixou a equipe no meio da temporada para assumir o Al-Nassr, da Arábia Saudita.

O norte-americano, que havia conversado e mostrado o projeto do clube para o português no começo da última semana, oficializou uma proposta para Lage no fim de semana. A informação foi publicada pelo “Uol” e confirmada pelo ge.

Há otimismo na diretoria alvinegra após o primeiro contato ter sido positivo entre as partes. O desejo de Bruno Lage é continuar na Europa e ele já havia deixado isso claro nas negociações que teve com o Atlético-MG, clube que negociara com ele no mês passado.

Nas conversas, Textor mostrou a realidade do clube, as projeções para o futuro – como as obras para o futuro CT -, conversas de elenco e a possibilidade de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. O proprietário da SAF ressaltou a energia da torcida do Botafogo e como seria marcante para um treinador dar uma conquista para os botafoguenses.

O salário oferecido é alto para os padrões brasileiros – algo em torno de R$ 1 milhão, mais ou menos nas mesmas cifras do antecessor.

O Botafogo, porém, confia em um projeto a médio prazo para com o treinador com o intuito de convencê-lo. John Textor colocou na mesa um contrato até 2024 e uma possibilidade, caso ele tenha sucesso no Alvinegro, de continuidade de trabalho no Crystal Palace, da Inglaterra, ou Lyon, da França, dois dos outros clubes que pertencem ao norte-americano e estão na Eagle Football.

Ainda não houve resposta por parte de Bruno Lage, mas o Botafogo cobra pressa. A vontade do clube é resolver a situação até essa semana e ter um nome definido já para a partida contra o Grêmio, no próximo domingo – o nome não necessariamente comandaria a equipe nesta partida, mas tudo teria que estar definido até lá.

Bruno Lage começou a carreira profissional no Benfica após passar pelo time B dos Encarnados e conquistou o Campeonato Português de 2018/19. Ele treinou o Wolverhampton, da Inglaterra, na última temporada.