Ouça agora

Ao vivo

Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Brasil
Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Destaque
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho

Construções irregulares são demolidas no Joá

As construções não possuíam licença ou autorização da prefeitura para serem erguidos
Imagem: Divulgação Seop

Quatro construções não autorizadas foram demolidas, nesta manhã de quinta-feira (21), no bairro do Joá, na Zona Oeste do Rio. Estas propriedades estavam sendo erguidas sem obter qualquer licença ou consentimento da prefeitura. O Joá, situado pouco antes do início da Barra da Tijuca e desfrutando de uma vista espetacular para o mar, é famoso por abrigar inúmeras mansões, muitas delas pertencentes a artistas renomados.

Uma das estruturas destruídas ainda estava em seu primeiro pavimento, em processo de construção, enquanto a segunda estava localizada no andar superior da residência e parecia estar concluída, destinada ao uso residencial. O responsável pela propriedade já havia sido autuado anteriormente, e a obra estava embargada.

“Esta ação faz parte dos esforços constantes da prefeitura para conter construções ilegais. É fundamental ressaltar que realizamos demolições diariamente, independentemente da localização. Hoje, estamos no Joá, uma área repleta de residências luxuosas, para conter o crescimento desordenado da cidade”, afirmou Brenno Carnevale, secretário municipal de Ordem Pública do Rio.

A operação foi conduzida pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) em colaboração com a Subprefeitura da Barra. Desde 2021, as equipes da prefeitura já executaram mais de 2.900 demolições de construções irregulares desse tipo.

“O município do Rio de Janeiro continua firme em sua determinação de coibir construções irregulares”, ressaltou Raphael Lima, subprefeito da Barra.