Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Companhia aérea da Nova Zelândia passará a pesar os passageiros de voos internacionais

A pesagem de passageiros faz parte de um programa que coleta dados sobre a carga e distribuição de peso dos aviões
Foto: Divulgação

A companhia aérea Air New Zealand vai passar a pesar os passageiros que partem em voos internacionais do Aeroporto Internacional de Auckland até 2 de julho de 2023. A pesagem de passageiros é uma exigência da Autoridade de Aviação Civil da Nova Zelândia e faz parte de um programa que coleta dados sobre a carga e distribuição de peso dos aviões. As informações foram divulgadas pela CNN.

A pesagem será da seguinte forma: os passageiros irão subir em uma balança digital assim que fizerem o check-in para o voo e colocarão as bagagens em outra balança para pesagem separada. Como o peso é uma informação pessoal, a companhia aérea toma cuidados: os dados são anônimos e, ao subir na balança, a informação é enviada direto para a pesquisa, sem aparecer em nenhuma tela, ou seja, ela não será visualizada por ninguém, nem mesmo pelos funcionários do avião.

Segundo o Alastair James, especialista em melhoria do controle de carga da companhia aérea, a pesquisa das cargas garantirá segurança das informações de cada passageiro.

– Sabemos que subir na balança pode ser assustador. Queremos garantir aos nossos clientes que não há exibição visível em nenhum lugar. Ninguém pode ver seu peso, nem mesmo nós – afirmou.

Esta não é a primeira vez que a pesquisa é realizada pela companhia. A mesma edição da pesquisa com passageiros domésticos foi realizada em 2021. Já a dos passageiros internacionais ocorre neste ano porque foi adiada em razão da pandemia.