Ouça agora

Ao vivo

Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Costa do Sol
Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Norte Fluminense
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Angra dos Reis
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Maricá
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Estado
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Rio de Janeiro
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho

Com receio de ataques, Corinthians avalia não entrar em campo no Peru

Confronto contra o Universitário está marcado para as 21h30 e é válido pelos playoffs da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, deu Timão: 1x0
Foto: Reprodução

O jogo entre Corinthians e Universitário-PER, marcado para logo mais, às 21h30, em Lima, pode não acontecer. Isso porque o clube brasileiro avalia suas opções antes de entrar em campo pelos playoffs da Copa Sul-Americana. O Timão tem preocupações de segurança após ser alertado por autoridades do país de risco de apedrejamento e cogita até não disputar o jogo. As informações são da ESPN.

Ainda de acordo com informações da emissora, o clube recebeu a sugestão de entrar no estádio Monumental U no ônibus da polícia, tentando manter a discrição e evitando o risco de um possível ataque ou apedrejamento. O Corinthians teria rechaçado a possibilidade.

Os brasileiros venceram o confronto de ida, que vale vaga nas oitavas de final da competição, por 1 a 0. No fim da partida, o preparador físico do Universitario, Sebastián Avellino Vargas, acabou detido acusado de fazer gestos racistas em direção a torcedores do Corinthians. Vargas, que é uruguaio, passou por audiência de custódia e segue preso até esta terça-feira. O advogado do clube peruano acompanha o caso.