Ouça agora

Ao vivo

Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Rio de Janeiro
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Papa emite um raro pedido de desculpas por suposto uso de palavra homofóbica em italiano
Mundo
Papa emite um raro pedido de desculpas por suposto uso de palavra homofóbica em italiano
Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Estado
Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Mundo
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Política
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Esportes
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade
Estado
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade

Ciclone: Marinha alerta para ressaca do mar e ondas de até 4,5 m em SP e SC

O alerta aponta também para riscos de ventos fortes, que podem chegar a 100 km/h.
Foto: Reprodução

A Marinha emitiu alerta para ressaca do mar com possibilidade de ondas de até 4,5 metros de altura entre os litorais de Santa Catarina e São Paulo. O fenômeno, uma consequência do ciclone extratropical que deve afetar o Sul do Brasil, com efeitos previstos a partir desta quarta-feira, 12, até a sexta-feira, 14.

O alerta aponta também para riscos de ventos fortes, que podem chegar a 100 km/h. A área atinge desde a cidade catarinense de Laguna até a o município de São Sebastião, em São Paulo, que desde o início do ano tem sofrido com fortes tempestades.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a região Sul deverá registrar ventos intensos, com rajadas que podem superar os 80 km/h, já nesta terça-feira. “Os ventos devem ganhar força, especialmente a partir de quinta-feira, 13, atingindo, também, áreas do litoral da Região Sudeste”, acrescenta o Inmet.

“O ciclone extratropical estará associado a uma frente fria que deverá avançar de forma continental pelo País, atingindo não apenas o sul, mas avançando por áreas do Sudeste e Centro-oeste, podendo atingir, inclusive, o Sul da Região amazônica a partir de meados da semana, configurando um novo evento de friagem”, considera o instituto.

O Inmet também aponta para a queda da temperatura em diferentes pontos do Brasil. “Com o avanço da frente fria, uma intensa massa de ar frio atingirá o País a partir de quarta-feira. Na terça, as temperaturas máximas caem no Rio Grande do Sul devido ao aumento da nebulosidade e da chuva, mas, a partir de quarta, o ar frio avança sobre o Sul e Mato Grosso do Sul”, prevê o instituto.

“Na quinta-feira, a previsão é de que o ar frio atinja áreas de Mato Grosso, Rondônia, sul do Acre, oeste e sul de Goiás, São Paulo, Triângulo Mineiro e sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro. A previsão indica a tendência de queda de 10°C a 12°C, com relação ao observado no dia anterior, tanto na temperatura mínima, quanto na máxima em alguns pontos destas áreas.”