Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

CBF tem lucro milionário com jogo da seleção brasileira em Belém

Brasil enfrentou a Bolívia no Estádio do Mangueirão, em Belém, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo
Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, prometeu mais jogos da seleção brasileira em Belém
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A simpatia do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, em Belém foi uma retribuição calorosa ao que a seleção brasileira vivenciou na capital paraense durante o jogo contra a Bolívia nas Eliminatórias da Copa do Mundo, no último dia 8.

A Rádio Manchete apurou que a entidade conseguiu arrecadar mais de R$ 10 milhões apenas com a bilheteria do Mangueirão, abrindo portas para uma série de jogos programados para ocorrer em território nacional.

Anteriormente, todos as partidas e direitos estavam sob o controle de uma empresa licitada que comercializava os direitos de transmissão e publicidade estática.

Entretanto, neste ano, a CBF tomou uma decisão diferente, optando por não renovar o contrato, enxergando uma oportunidade de negócios vantajosa. A entidade faturava US$ 1,5 milhão (R$ 7,5 milhões, na cotação atual) por partida.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Mangueirão recebeu um total de 48.183 espectadores, resultando em um lucro líquido de R$ 10.887.550,00 no jogo entre Brasil e Bolívia.

Isso marca uma mudança significativa em relação ao ano anterior, quando a seleção brasileira raramente jogava no Brasil, excluindo os jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026.

No entanto, a partida realizada em Belém destacou para a CBF a importância de trazer a seleção nacional mais perto do público. Diante disso, Ednaldo Rodrigues expressou a possibilidade de mais jogos importantes acontecerem em Belém.

Em resumo, a decisão de não renovar o contrato anterior trouxe à CBF não apenas ganhos financeiros substanciais, mas também a oportunidade de fortalecer os laços com os fãs em todo o Brasil.

O sucesso do jogo em Belém, com seu público entusiasmado e lucratividade expressiva, indica um caminho promissor para a seleção brasileira no futuro, com mais jogos emocionantes aguardando nas praças esportivas do país.