Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

CBF adia pela quinta vez o prazo para indicar rumo sobre substituto de Tite

Ednaldo Rodrigues afirmou na Espanha, no último dia 13, que haveria posicionamento até esta sexta. Em outras quatro ocasiões indicadas pela entidade, situação permaneceu indefinida
Foto: Reuters

O primeiro semestre de 2023 termina nesta sexta-feira, e com ele expira mais um prazo dado pela CBF para se posicionar oficialmente a respeito do futuro treinador da Seleção. São cinco datas que passam sem definição. O que se sabe é que a entidade quer Carlo Ancelotti.

O dia 30 de junho chegou e publicamente o tema segue sendo uma incógnita. Em razão de compromissos com uma comitiva da Fifa que chegará ao Brasil para reuniões e de uma viagem a Brasília para a partida da seleção feminina, Ednaldo Rodrigues adiou a promessa de posicionamento a respeito do futuro treinador da Seleção, seja definitivo ou interino.

Ainda durante a Copa do Mundo do Catar, as especulações envolvendo o substituto de Tite passaram a tomar conta do noticiário após a eliminação para a Croácia, nos pênaltis, nas quartas de final. Na ocasião, a CBF se manifestou publicamente através de nota oficial que contava com declarações de seu presidente.

Em trecho da nota, a entidade afirma que “no dia 17 de novembro, a posição oficial da CBF já havia sido informada: o anúncio do novo treinador e da comissão técnica só será feito em janeiro de 2023”. Ednaldo centralizou a decisão:

No dia 17 de janeiro, chegou ao fim oficialmente a passagem de Tite pela seleção brasileira. Depois de seis anos e duas Copas do Mundo, o treinador foi até a sede da CBF, no Rio de Janeiro, assinar a rescisão de contrato, e Ednaldo Rodrigues antedeu a imprensa para falar do substituto.

Na ocasião, o presidente da CBF tratou a data Fifa de março como novo prazo e disse que não desejava colocar um técnico interino para iniciar o ciclo para 2026:

– Pode até ser que aconteça isso (interino no primeiro momento). Mas quero até março ter um nome definitivo. Não um provisório para ter que substituir. Será que define até 31 de janeiro? Pode ser que tenhamos. Estamos começando o trabalho a partir de agora. Mas pode ser que não tenha. E, se não tiver, não está atrasado.

A indefinição, no entanto, permaneceu, e Ramon Menezes, campeão sul-americano sub-20, foi pinçado para o primeiro compromisso do ano: derrota por 2 a 1 para o Marrocos, em Tânger.

Já com declarações públicas do apreço por Carlo Ancelotti, Ednaldo Rodrigues estipulou um prazo para ter uma posição mais firme do treinador: 25 de maio. A declaração foi dada no dia 25 de abril, também na sede da CBF, e o período de um mês se dava pelos compromissos do Real Madrid na reta decisiva da Copa do Rei, de La Liga e da Champions.