Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Campos lança obras da Clínica de Hemodiálise

A ordem de serviço para construção da unidade foi assinada nesta terça, em solenidade no Hospital Geral de Guarus
Foto: Divulgação Prefeitura de Campos

A Prefeitura de Campos, em parceria com o Governo do Estado, lançou nesta terça-feira (15), as obras de construção da Clínica Regional de Hemodiálise Amigos do Rim – Francisco Paes Filho, para atender aos pacientes renais do município e região. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada pelo Prefeito Wladimir Garotinho, ao lado do vice-Prefeito Frederico Paes, em cerimônia no Hospital Geral de Guarus (HGG), onde a unidade funcionará em um espaço anexo ao hospital.

A previsão inicial para entrega do espaço é de seis meses. O secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho, não pode comparecer ao evento, em virtude do mau tempo, mas enviou um vídeo comemorando mais essa conquista para toda a região.

“Estou especialmente emocionado com mais essa conquista, porque o projeto está pronto, licitado e a obra iniciando hoje, em menos de 5 meses. E essa é mais uma demonstração do nosso compromisso com as pessoas”, realçou o prefeito.
A clínica receberá o nome de Francisco Paes Filho, pai do vice-prefeito, Frederico Paes. Paciente renal crônico, Francisco Paes Filho faleceu em abril de 1998 aos 77 anos de idade. Ele foi vereador por 12 anos, chegando a presidir o Legislativo Municipal. Atualmente, Campos tem 45 pacientes renais inscritos no Sistema Estadual de Regulação (SER) aguardando pelo início do tratamento.
“É isso que o prefeito Wladimir determinou, junto com Doutor Luizinho, que pudéssemos acabar com o sofrimento das famílias de ter que sair das suas casas, pegar a estrada, para poder fazer um tratamento”, disse o vice-prefeito, Frederico Paes.
O Centro de Hemodiálise foi um pedido feito por Wladimir à Secretaria de Estado de Saúde (SES), em 11 de fevereiro de 2022, e atendido em 28 de fevereiro deste ano, durante a solenidade de lançamento do projeto “SOS Coração: Nossa missão é cuidar das pessoas”, na Santa Casa de Misericórdia. Na ocasião, o secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho, anunciou a construção da clínica. O aporte financeiro para a implantação da unidade será de mais de R$ 15 milhões. Os investimentos estaduais, somados aos municipais, no valor de R$ 719.387,17, totalizam R$ 15.719.387,17.
O projeto de construção da unidade, elaborado pelo município, foi entregue pelo prefeito ao vice-governador Thiago Pampolha e ao secretário Dr. Luizinho, durante as comemorações pelos 188 anos da elevação de Campos à categoria de cidade, na Praça São Salvador, em 28 de março deste ano.
“Nosso compromisso é, não só com a construção dessa clínica, mas que esse centro possa funcionar muito bem. Vamos construir, também, um grande centro de transplante para que essas pessoas possam sair da cadeira de hemodiálise”, informou Dr. Luizinho, por meio de vídeo.

O secretário municipal de Saúde, Paulo Hirano, destacou: “Este é mais um grande avanço que é possível se concretizar através da parceria entre o governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, com o nosso prefeito Wladimir e vice-prefeito, Frederico Paes, no sentido de que podemos sim, com as forças unidas, aumentar a assistência à saúde dos nossos munícipes e da região. Uma assistência extremamente importante e muito carente, que é o seguimento dos pacientes portadores de insuficiência renal crônica. Hoje, aqui, demos o pontapé para o início das obras e, muito em breve, as cadeiras necessárias já estarão disponíveis para que possamos acolher e tratar todos aqueles que necessitam”, afirma.

A clínica contará com 60 cadeiras de hemodiálise e atendimento em três turnos. Haverá oito leitos especiais em locais isolados para pacientes com patologias infecciosas. Um paciente que contraiu Covid ou hepatite C, por exemplo, e necessite fazer hemodiálise, não ficará no salão, mas em local isolado, em leito individualizado. Haverá também quatro leitos de estabilização para pacientes que tiverem alguma intercorrência, como queda de pressão, durante o tratamento.
A solenidade também contou com as presenças de autoridades públicas e políticas, como secretários municipais de Campos e outros municípios e dos vereadores, Marcione da Farmácia, Álvaro Oliveira, Pastos Marcos Elias e Cassiano Tavares, além de representantes da sociedade civil organizada.