Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Câmara de Maricá aprova projetos que beneficiam a saúde do povo

A saúde da população foi o foco principal dos projetos de lei dos vereadores aprovados em sessão plenária
Foto: Divulgação

A saúde da população foi o foco principal dos projetos de lei dos vereadores aprovados em sessão plenária nesta segunda-feira, 05, na Câmara Municipal de Maricá. O primeiro foi o do vereador Rony Peterson (MDB), que institui e inclui no calendário oficial do município a Semana Municipal de Conscientização da Cardiopatia Congênita. Depois, foi o do vereador Netuno (Republicanos), que dá prioridade para as pessoas com albinismo na marcação de consultas dermatológicas e oftalmológicas. Entre outros projetos.

Pela proposta de Rony, a Semana de 12 de junho, que é o Dia Nacional de Conscientização da Cardiopatia Congênita, passa a ser incluída no calendário oficial de Maricá. Caberá à Secretaria de Saúde buscar parcerias com entidades e profissionais multidisciplinares envolvidos no diagnóstico e acompanhamento das cardiopatias congênitas.

A cardiopatia congênita é um grupo de anormalidades na estrutura do aparelho cardiocirculatório, secundária a uma alteração no desenvolvimento embrionário, que pode surgir nas primeiras oito semanas da gestação, quando se forma o coração do bebê, causando insuficiência circulatória e respiratória, o que pode comprometer a qualidade de vida do paciente. No Brasil, de acordo dom o Ministério da Saúde, são dez casos a cada mil nascidos vivos, estimando em 29 mil o número de crianças que nascem com cardiopatia congênita por ano e cerca de 6% delas morrem antes de completar um ano de vida.

Outra proposta de Rony aprovada institui em Maricá o Dia Municipal da Fibromialgia, sempre em 12 de maio.

O projeto de Netuno concede prioridade a pessoas com Acromatose (albinismo) na marcação de consultas com dermatologias e oftalmológicas no município. A prioridade deve ser compartilhada com idosos, deficientes, gestantes e demais previstos em atos normativos. A pessoa com albinismo deverá comprovar tal condição mediante apresentação de documento médico que comprove a patologia.

Também foi aprovado projeto de lei de autoria do vereador Hadesh (PT), que institui no âmbito do município de Maricá o programa + Mulher. E foram votadas ainda as moções de Congratulações e Aplausos n° 0053/2023 do vereador Igor Corrêa ao sr. Robson Pereira Alves Junior, pelos serviços prestados à municipalidade de Maricá, a nº 0054/2023 do vereador Teco Paulista a Sra. Nariene Xavier e a 0055/2023 ao Sr. Julio dos Santos da Costa, foi votada também a n° 0056/2023 do vereador Xandi de Bambuí, a Rosimery dos Santos Machado, guarda municipal e a n° 0057/2023 do vereador Hadesh à Sra. Juliana Ribeiro de Sá Moreira e nº 0058/2023 à sra. Simone Frazão Nascimento.