Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Esportes
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado

Câmara aprova Medida Provisória que recria o programa Minha Casa Minha Vida

Deputado propôs a inclusão de outros bancos na operação do programa. Hoje, apenas a Caixa Econômica Federal é autorizada a fornecer os serviços do Minha Casa Minha Vida.
Foto: Reprodução/ Câmara dos Deputados

Na manhã desta quarta-feira (7), foi aprovado pela Câmara dos Deputados, o texto principal da Medida Provisória que reestrutura o programa ‘Minha casa, minha vida’.

Após a análise dos destaques, a proposta segue para o Senado Federal, que tem até o próximo dia 14 para aprovar a matéria antes que ela perca a validade.

Na versão apresentada pelo relator da MP, o deputado federal Marangoni (União-SP) propôs a inclusão de outros bancos na operação do programa, como fintechs e instituições financeiras locais, que deverão ser indicado pelo Banco Central. Hoje, apenas a Caixa Econômica Federal é autorizada a fornecer os serviços do Minha Casa Minha Vida.

Outra mudança é o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para projetos de iluminação pública, saneamento básico e vias de acesso. Embora tenha feito as alterações, o relator manteve as faixas de renda qualificadas para o programa. Durante a sessão de votação, somente o Partido Novo orientou voto contra a matéria.