Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Esportes
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado

Brasileiros presos em cruzeiro de luxo na França se passavam por ‘influenciadores’

As malas dos criminosos foram encontradas escondidas com 95 kg de cocaína
Foto: Divulgação/Costa Favolosa

Quatros brasileiros, sendo três mulheres e um homem, foram presos no início de maio no cruzeiro de luxo, Costa Favolosa, em Marselha, cidade mais antiga da França, por levarem 95 kg de cocaína em malas. Os criminosos se fizeram passar por turistas e influenciadores digitais enquanto embarcavam. As autoridades francesas informaram que a droga foi avaliada em cinco milhões de euros, valor equivalente a R$ 26,7 milhões.

As malas que transportavam a cocaína foram descobertas após os agentes estranharem o comportamento de um casal que desembarcava do navio com uma mala de rodinhas, e voltarem para dentro da embarcação quando perceberam que seriam abordados pelos policiais. Logo depois se recusaram entregar a mala aos agentes, para que fosse revistada. A jovem ao perceber que os policiais se aproximavam jogou a bolsa no mar. Assim que resgatada pela equipe, a bagagem foi revistada e foram encontrados 8,4 kg de cocaína.

Na revista à cabine ocupada pela brasileira foi encontrado o recibo da reserva de um segundo quarto, onde os policiais localizaram o suposto namorado e malas com 86,4 kg de cocaína debaixo da cama. A segunda cabine estava em nome de outras duas brasileiras que já haviam desembarcado, e que ao retornarem para o cruzeiro, foram presas em flagrante.

A prisão aconteceu no dia 2 de maio, o cruzeiro havia deixado o Brasil em 18 de abril. Após quatro dias de custódia os quatro brasileiros com idades entre 26 e 31 anos admitiram o envolvimento com o tráfico internacional de drogas, e confirmaram aos policiais que foram recrutados pela maior facção criminosa de São Paulo para atuar como mulas do tráfico internacional de drogas.