Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Brasil registra o primeiro caso de gripe aviária em humano do país

Um homem de 61 anos foi diagnosticado com a doença, no estado do Espírito Santo após ter tido contato com uma ave contaminada
Foto: Por Lam Yik Fei/Bloomberg/Getty Images

O primeiro caso de gripe aviária em humano foi confirmado no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, a confirmação veio de Vitória, no Espírito Santo, nesta quarta-feira (17). Um homem de 61 anos foi diagnosticado com a doença, ele é funcionário de um parque municipal chamado Refúgio da Vida Silvestre da Mata Paludosa (antigo Parque da Fazendinha), localizado em Jardim Camburi, onde foram encontradas aves que testaram positivo para gripe aviária.

O paciente apresentou sintomas gripais leves e agora está em isolamento, sendo monitorado por equipes de saúde. A pasta informou que acompanha o caso e está dando o suporte necessário ao estado desde a notificação.

A amostra do paciente suspeito e de outras 32 pessoas que também trabalham no parque estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do Espírito Santo. Após o período de análise, as amostras também serão enviadas para a Fiocruz, que é o laboratório de referência para o estado, e deverão ser manipuladas em áreas de biossegurança NB-3.

O parque onde as aves foram encontradas foi fechado para visitas, respeitando o período de identificação das pessoas que tiveram contato com os animais contaminados. Todo o local está sendo investigado por equipes de vigilância sanitária.

Segundo a nota divulgada pelo Ministério da Saúde, o vírus não infecta humanos com facilidade e, quando isso acontece, não há transmissão da doença entre seres humanos de forma efetiva.

– A transmissão da doença ocorre por meio de contato com aves doentes, vivas ou mortas. E, de acordo com o que foi observado no mundo, o vírus não infecta humanos com facilidade e, quando isso ocorre, geralmente a transmissão de pessoa para pessoa não é sustentada. O Ministério da Saúde reforçou, por meio de nota técnica, as orientações para vigilância em diante de possíveis casos suspeitos de influenza aviária em humanos após o alerta do Ministério da Agricultura e Pecuária – ressalta a pasta em nota.

 

Aves contaminadas foram encontradas no estado do Espírito Santo

No início da semana, duas aves marinhas contaminadas pelo vírus da gripe aviária, conhecido como H5N1 foram resgatadas no litoral do Espírito Santo. Os animais são da espécie Thalasseus acuflavidus, popularmente chamado de Trinta-réis-bando, e foram testaram positivo para o vírus. Essa foi a primeira vez que o Brasil registrou casos confirmados para a doença.

Diante disso o Ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, se manifestou nas redes sociais.

– Sempre tratamos a Gripe Aviária com total atenção, por isso o Brasil mantém a condição de livre da Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (IAAP). Tivemos a confirmação de que duas aves silvestres, da espécie conhecida como Trinta-Réis-de-Bando… – declarou o Ministro.

O Ministério da Saúde reforçou que não foram registrados casos confirmados de influenza aviária A (H5N1) em humanos no Brasil.