Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Botafogo vence Athletico-pr, mas para em Bento nos pênaltis e é eliminado na Copa do Brasil

Alex Santana ex- Botafogo cobrou o último penalti e colocou o Furacão nas quartas de final da Copa do Brasil
Foto: Thiago Ribeiro / Botafogo

Após ser superior nos 90 minutos e vencer no tempo normal por 1 a 0, o Botafogo acabou parando em Bento e foi superado pelo Athletico-PR nos pênaltis por 4 a 2 nesta quarta-feira (31), no Nilton Santos, sendo eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Glorioso agora foca somente no Campeonato Brasileiro e na Copa Sul-Americana, competições nas quais é o líder.

Com o estádio lotado e precisando vencer, o Botafogo tomou as rédeas do jogo, mas quem assustou primeiro foi o Athletico-PR. Em cobrança de falta aos oito minutos, Canobbio bateu com categoria e a bola saiu à direita do gol.

Mas o Glorioso conseguiu sair na frente e empatar o placar agregado aos 16: Lucas Perri repôs a bola, Júnior Santos usou a força pelo lado direito e deu um toquinho para Tiquinho Soares, que deixou Hugo Moura no chão e deu um bonito tapa rasteiro, deslocando Bento e fazendo 1 a 0.

Depois do gol alvinegro, o jogo ficou bastante brigado e com poucas finalizações, só voltando a esquentar no segundo tempo. Aos 9, em linda jogada, Eduardo enfiou, Victor Sá tocou para o meio, Tiquinho Soares deu de letra e Júnior Santos acabou chutando em cima de Bento. Seria um golaço!

O jogo era complicado, mas o Botafogo seguiu tentando. Aos 18 minutos, Tchê Tchê cruzou para trás, a zaga rebateu e Victor Sá pegou a sobra, chutando no meio do gol, para defesa de Bento. Depois, aos 34, Di Placido cruzou, Tiquinho Soares subiu junto com a marcação e cabeceou para fora, com perigo. O Fogão tentou até o fim, mas a decisão da vaga ficaria mesmo para os pênaltis.

Na disputa decisiva, o goleiro Bento, do Athletico-PR, brilhou, defendendo as cobrança de Tiquinho Soares e Tchê Tchê, e o Botafogo acabou eliminado, mas aplaudido pela torcida.