Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Beneficiários da Moeda Social Itajuru começam a ser recadastrados em Cabo Frio

Equipes da Assistência Social farão visita técnica aos assistidos que moram na Boca do Mato, Monte Alegre, Porto do Carro e Vila do Ar para saber quem ainda tem o perfil para estar no programa
Foto: Reprodução

A Prefeitura de Cabo Frio, começou o recadastramento dos beneficiários da 1ª expansão da Moeda Social Itajuru, nesta segunda-feira (5). Para isso, equipes da Assistência Social vão até a residência dos beneficiários da Boca do Mato, Monte Alegre, Porto do Carro e Vila do Ar.

A visita técnica na casa dos assistidos ocorre até o dia 30 de junho, de segunda a sexta-feira, exceto em feriados. Por meio do recadastramento será possível verificar as famílias que ainda se enquadram no perfil para fazer parte do programa de transferência de renda.

O programa disponibiliza 220 itajurus por mês, equivalente a R$ 220, para serem utilizados na compra de alimentos, medicamentos e outros artigos de primeira necessidade.

“Após levar a política pública de distribuição de renda para a população mais vulnerável, é preciso fazer o acompanhamento social dessas famílias, verificar quem ainda tem o perfil para estar inserido no programa. Depois desta etapa, faremos uma série de reuniões com os beneficiários a fim de aproximá-los ainda mais dos serviços da prefeitura, pois precisamos alcançar a todos”, afirmou o coordenador do Programa Moeda Social Itajuru, Adriano Brisola.

Além de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal; e que residam há, pelo menos, dois anos em Cabo Frio; o programa também prevê prioridade para mulheres chefes de família; famílias numerosas; pessoas com deficiência; com renda per capita de até um salário mínimo; e idosos com gasto excessivo comprovado em remédios.

Os comerciantes interessados e participar do programa, podem comparecer à sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na Rua Florisbela Rosa da Penha, 292, no Braga, de segunda a sexta, das 9h às 15h.

Eles precisam apresentar originais e cópias dos documentos de identidade, CPF, CNPJ, comprovante de endereço do estabelecimento e dados bancários.