Ouça agora

Ao vivo

PM prende homem com drogas em Macaé
Norte Fluminense
PM prende homem com drogas em Macaé
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Destaque
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Maricá
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Destaque
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Brasil
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
Destaque
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM

Atentado mata mais de 50 no Paquistão durante celebração de aniversário de Maomé

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque
Foto: REUTERS

Nesta sexta-feira (29), segundo informaram autoridades, um atentado suicida, deixou 52 mortos e 58 feridos, durante uma reunião religiosa na mesquita em Mastung, um distrito da província do Baluchistão, no sudoeste do Paquistão.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque. A província do Baluchistão foi, no passado, palco de ataques de militantes islâmicos e separatistas.

Os muçulmanos no Paquistão e em todo o mundo celebram o aniversário do profeta Maomé com reuniões públicas, data conhecida como Mawlid an-Nabi. Durante as celebrações, que duram o dia todo, eles também distribuem refeições gratuitas às pessoas.

Desde o ano passado, o Paquistão passa por um novo período de ataques. O conflito foi revivido quando um cessar-fogo entre o governo e o Tehreek-e-Taliban Pakistan (TTP), uma organização que reúne vários grupos islâmicos sunitas de linha dura, foi rompido.

O TTP negou ter realizado o ataque de sexta-feira.

Em comunicado, o ministro interino do Interior, Sarfraz Bugti, expressou tristeza e pesar pela perda de vidas. Ele disse que foi um “ato hediondo” atingir as pessoas na procissão de Mawlid an-Nabi.

O governo declarou feriado nacional para o aniversário de nascimento do profeta Maomé, e o presidente Arif Alvi e o primeiro-ministro interino Anwaarul-haq-Kakar, em massagens separadas, apelaram à unidade e à adesão das pessoas aos ensinamentos do profeta do Islã.

Explosão em Peshawar
Horas depois, uma nova explosão, desta vez em Peshawar (a mais de 600km de Mastung), deixou cerca de 30 a 40 pessoas presas nos escombros. Cinco pessoas morreram.