Ouça agora

Ao vivo

Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Brasil
Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Destaque
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho

Velório de Aracy Balabanian acontece nesta terça-feira no Theatro Municipal; corpo será cremado

A atriz morreu, nesta segunda-feira, aos 83 anos. Ela estava internada desde o final do ano passado
Imagem: Reprodução

O velório da atriz Aracy Balabanian, que morreu nesta segunda-feira, aos 83 anos, ocorrerá amanhã no Theatro Municipal do Rio, das 10h às 13h. A cerimônia será aberta ao público. Depois, o corpo da atriz será cremado em cerimônia fechada, apenas para amigos e parentes, no Cemitério do Caju.

A atriz , conhecida por seus papéis como Dona Armênia em “Rainha da Sucata” e Cassandra em “Sai de Baixo”, faleceu na manhã de segunda-feira (7). Aracy estava internada na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A atriz estava internada desde dezembro de 2022, vítima de um câncer de pulmão.

Nascida em 22 de fevereiro de 1940, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Aracy Balabanian era filha de imigrantes armênios.

Aracy Balabanian deu vida a diversos personagens que ficaram marcados na memória do público. Entre eles estão Gabriela, do programa infantil “Vila Sésamo”, em 1973. Em 1990, conquistou o país com a Dona Armênia, de “Rainha da Sucata”, mãe controladora de três filhos. Ela emprestou o sotaque e alguns costumes armênios da família à trama. O personagem fez tanto sucesso que voltou em “Deus nos Acuda”, de 1992. A atriz interpretou a manipuladora Filomena em “A Próxima Vítima”, de 1995. A consagração veio também com Cassandra, em “Sai de Baixo”, de 1996. Ela vivia uma socialite decadente.