Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Após 8 meses, causa da morte de Gal Costa é revelada

Segundo a certidão de óbito, a artista teve um infarto agudo do miocárdio e que Gal tratava uma neoplasia maligna (câncer) de cabeça e pescoço
Foto: Reprodução

Após 8 meses da morte da cantora Gal Costa, que nos deixou aos 77 anos, no dia 9 novembro de 2022, a certidão de óbito da cantora foi divulgada. Segundo a certidão de óbito, a artista teve um infarto agudo do miocárdio. O documento, revelado na quinta-feira (27), ressalta ainda que Gal tratava uma neoplasia maligna (câncer) de cabeça e pescoço.

Na época, a causa da morte de Gal não foi divulgada.

A cantora seria uma das atrações do festival Primavera Sound, realizado em São Paulo, no fim de semana anterior a sua morte, mas teve a participação cancelada de última hora. Na época, a equipe da artista declarou que ela precisava se recuperar após a retirada de um nódulo na fossa nasal direita e ficaria fora dos palcos até o final de novembro, seguindo recomendações médicas.

A cirurgia ocorreu em setembro de 2022, pouco após sua apresentação em outro festival de música em São Paulo, o Coala. Desde então, Gal não havia voltado aos palcos, mas já tinha datas de shows da turnê “As Várias Pontas de uma Estrela” marcadas entre dezembro e janeiro.

A cantora morreu em sua casa no Jardim Europa, em São Paulo, às 6h40.