Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Análise de incentivos fiscais viabiliza R$ 9 bilhões em investimentos no Estado do Rio

Expansão de empresas e implantação de novos empreendimentos vão gerar mais de oito mil empregos no estado.
Foto: Reprodução

A análise de incentivos fiscais para empresas com interesse em atuar no Rio de Janeiro vai gerar R$ 9 bilhões em investimentos no estado, nos próximos cinco anos. Nos últimos seis meses, 89 processos foram deferidos pela Comissão Permanente de Políticas para o Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro (CPPDE), e podem gerar mais de oito mil empregos para a população fluminense.

“Estamos sinalizando a empresas, nacionais e internacionais, que o Rio de Janeiro é o destino certo e confiável para investimentos que irão gerar emprego e renda para a nossa população. Os benefícios fiscais são instrumentos de políticas públicas que movimentam o mercado, estimulam a competitividade entre as empresas e contribuem para a promoção do desenvolvimento socioeconômico, beneficiando a sociedade de forma geral”, afirma o governador Cláudio Castro.

A Comissão é formada pelos secretários de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah, da Casa Civil, Nicola Miccione, e da Fazenda, Leonardo Lobo.

De acordo com o secretário Vinicius Farah, neste primeiro semestre de 2023 o setor atacadista foi o principal segmento beneficiado com a análise de incentivos, totalizando 28 processos deferidos com base na Lei Nº 9.025/20, sancionada pelo governador Cláudio Castro, que instituiu regime diferenciado de tributação para o setor atacadista.

“A análise da CPPDE é realizada com transparência e critérios rigorosos, tendo como base as legislações vigentes e respeitando os pareceres dos órgãos de controle. É um trabalho fundamental para fomentar o crescimento econômico sustentável, dando oportunidade para manter a expansão de empresas que já atuam no Rio de Janeiro e para a implantação de novos empreendimentos”, destaca o secretário.