Ouça agora

Ao vivo

Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Brasil
Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Destaque
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho

Alex Teixeira e mais dois: veja quem do elenco do Vasco poderá assinar pré-contrato em julho

Zé Gabriel e Gabriel Dias também têm vínculos até o fim da temporada. Outros cinco jogadores estão emprestados até dezembro, mas o clube tem opção de compra
Foto: André Durão

Com a proximidade de julho, jogadores com contratos até o fim do ano já poderão assinar pré-contratos com outros clubes a partir do dia 1º. No caso do Vasco, que foi ao mercado em janeiro e reformulou o elenco, a maioria dos atletas tem vínculos longos. Portanto, essa não é uma preocupação no momento, embora algumas peças do grupo estejam nessa situação.

Pela legislação, um jogador pode assinar pré-contrato faltando menos de seis meses para o término do seu atual vínculo. Ou seja, a partir de 1º de julho, é o caso dos seguintes atletas:

  • Alex Teixeira (33 anos)
  • Zé Gabriel (24 anos)
  • Gabriel Dias (29 anos)

Dois titulares na derrota para o Inter, no domingo, têm contratos até dezembro. Casos de Alex Teixeira e Zé Gabriel. São situações distintas.

Alex Teixeira

Contratado no ano passado com pompa de reforço de peso, Alex Teixeira não fez uma boa Série B, mas ganhou um voto de confiança da diretoria e teve o vínculo renovado por mais um ano. Em 2023, fez algumas poucas boas partidas, mas ainda não conseguiu ser a liderança técnica que o departamento de futebol esperava.

No cenário atual, uma nova renovação parece improvável. É algo, no entanto, que ainda não é debatido internamente. O foco integral do Vasco no momento é reforçar o elenco na janela de meio de ano para sair da parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro.

Zé Gabriel

Dificilmente terá o contrato renovado e ainda pode sair na janela de meio de ano em caso de proposta. O jogador estava sem espaço e não fazia parte dos planos para o restante da temporada. Zé Gabriel estava disponível no mercado no fim da última janela, mas acabou permanecendo.

Por conta da queda de rendimento de outros atletas da posição, Zé Gabriel, que vinha treinando com o grupo e não jogava desde janeiro, voltou a receber chances. Entrou contra o Flamengo e foi titular diante do Inter.

Gabriel Dias

Está clinicamente recuperado de uma lesão, mas não joga há quase um ano e não vem sendo relacionado. Se nada mudar até lá, o lateral não terá o contrato renovado no fim do ano.

Emprestados

Além do trio, o Vasco tem outros cinco jogadores emprestados até o fim do ano. São os seguintes atletas.

  • Carabajal (Santos)
  • Ivan (Corinthians)
  • Paulo Henrique (Atlético-MG)
  • Robson Bambu (Nica-FRA)
  • Rwan Cruz (Santos)

Em todos os casos, no entanto, o Vasco tem opção de compra ao fim do empréstimo.

Dos cinco, Robson é o que vem recebendo mais oportunidades, mas oscilou em alguns momentos e seu desempenho tem sido alvo de críticas.

De todos os jogadores emprestados, Ivan é o que tem mais chances de permanecer na próxima temporada. Sem jogar desde janeiro, ele dificilmente atingirá a meta de 30 jogos que obrigaria o Vasco a comprá-lo. No entanto, em entrevista recente ao canal “Atenção, Vascaínos”, o diretor Paulo Bracks informou que o clube irá exercer a opção de compra do goleiro.

Saídas imediatas

Dois jogadores do atual elenco têm contrato apenas até o fim do mês. Emprestado pelo Chelsea, Andrey não permanecerá e está de saída. Com dores no joelho, o volante não enfrentou o Inter e segue realizando tratamento. Com apenas mais dois jogos até o fím do vínculo, aind aé incerto se ele voltará a jogar com a camisa do Vasco.

O caso de Paulo Victor é diferente. O Vasco tem interesse em manter o lateral, que está emprestado pelo Inter até o fim do mês. No entanto, o clube não vai exercer a opção de compra e negocia com o Colorado para estender o contrato até dezembro. Ainda não há acordo.