Ouça agora

Ao vivo

Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Destaque
Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Brasil
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Destaque
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Maricá
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Destaque
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Costa do Sol
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Angra reforça a atualização do CadÚnico
Angra dos Reis
Angra reforça a atualização do CadÚnico

Alerta vermelho para nove estados do Brasil é emitido pelo Inmet

Segundo o Inmet, a onda de calor é causada por condições favoráveis, como o tempo predominantemente seco e a subsidência atmosférica
Foto: Reprodução

Não está fácil a vida do brasileiro. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para altas temperaturas. Já são nove o número de estados brasileiros com alerta vermelho de perigo por causa do calor que atinge o país: Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná e Tocantins.

Nos últimos dias, o Brasil tem sido atingido por uma forte onda de calor fora de época. Mesmo estando no inverno, o país registrou temperaturas acima dos 30ºC em diversas localidades, com alguns pontos com termômetros superando a marca de 40ºC. O pico da onda de calor deve acontecer neste fim de semana, quando começa a primavera. Cidades como Cuiabá (MT), Rio de Janeiro (RJ) e Palmas (TO) estão entre as capitais que devem ser mais atingidas pela onda de calor, com expectativa de mais de 40ºC.

Segundo o Inmet, a onda de calor é causada por condições favoráveis, como o tempo predominantemente seco e a subsidência atmosférica, que ocorre quando a pressão atmosférica entre os níveis médios e a superfície aumenta e inibe o desenvolvimento de nebulosidade e gera o aumento da temperatura da massa de ar. “A configuração de um bloqueio atmosférico relacionado a este padrão de subsidência com o escoamento dos ventos em níveis superiores da atmosfera garante a persistência da onda de calor”, diz o Inmet. Por sua vez, o Centro de Gerenciamento de Emergências de São Paulo (CGE-SP) afirmou que uma massa de ar quente se espalhou pelo país e está parada, causando o bloqueio atmosférico citado pelo Inmet. De acrdo com o CGE, a massa de ar quente é responsável por gerar “um bloqueio atmosférico que impede a livre passagem das frentes frias e outros sistemas meteorológicos que provocam chuva”.

O Climatempo, informa que algumas regiões vão alcançar temperaturas iguais ou até acima dos 40ºC por vários dias. São elas:

No norte

  • Tocantins;
  • sul/leste do Pará;
  • Rondônia

No nordeste 

  • interior do Maranhão;
  • interior do Piauí;

No sul 

  • norte do Paraná;

No sudeste 

  • oeste e norte de São Paulo;
  • oeste de Minas Gerais (incluindo o Triângulo Mineiro);
  • oeste da Bahia;

No centro oeste 

  • Mato Grosso;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Goiás;