Ouça agora

Ao vivo

Nova Iguaçu é o segundo município do Brasil em adesões à CIPA Escolar
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu é o segundo município do Brasil em adesões à CIPA Escolar
Trabalha Rio estará em quatro bairros nesta semana para cadastrar currículos
Rio de Janeiro
Trabalha Rio estará em quatro bairros nesta semana para cadastrar currículos
Em reunião com prefeitos das regiões Norte e Noroeste, governador apresenta mais de 450 ações realizadas no interior
Estado
Em reunião com prefeitos das regiões Norte e Noroeste, governador apresenta mais de 450 ações realizadas no interior
Lancha explode em Cabo Frio e deixa nove feridos
Costa do Sol
Lancha explode em Cabo Frio e deixa nove feridos
Angra vai sediar evento sobre desenvolvimento sustentável
Angra dos Reis
Angra vai sediar evento sobre desenvolvimento sustentável
Estados e municípios terão plano de combate à violência contra mulher
Destaque
Estados e municípios terão plano de combate à violência contra mulher
Serviço de microchipagem em animais será lançado nesta quarta em Macaé
Norte Fluminense
Serviço de microchipagem em animais será lançado nesta quarta em Macaé

A Liga Saudita vai ser mais forte que qualquer outra liga alternativa em 2023/2024

Com varias estrelas que fizeram história no futebol mundial, o campeonato nacional da Arábia Saudita vem forte para a próxima temporada.
Foto: Divulgação

Detentora de muito dinheiro e luxo, a Arábia Saudita está dominando o mercado de negociações do futebol. Após o atacante Cristiano Ronaldo desembarcar no Al Nassr em janeiro deste ano, criou-se o sentimento de que a chegada de outros craques à liga local também seria possível.

Segundo a imprensa europeia e especialistas no mercado de transferências, como o jornalista Fabrizio Romano, diversos jogadores podem chegar ao país já na janela de negociações do próximo mês. Os times Al Hilal, Al Nassr, Al Ittihad e Al Ahli, adquiridos pelo Reino da Arábia Saudita, trabalham para anunciar os grandes nomes e não poupam cifras para as transações acontecerem.

Alguns pontos fazem com que a Liga Saudita seja o campeonato alternativo mais forte do mundo em 2023/2024:

– Liga Chinesa: Não pode ter goleiros estrangeiros e possuí um limite de quatro jogadores estrangeiros relacionados por partida. Atualmente está sucateada, seu auge já passou e durou pouco.

– MLS: Possuí teto salarial, onde apenas 03 jogadores por equipe podem ganhar acima de um determinado valor, ou em certos casos, os próprios clubes tem um limite na folha salarial.

– Liga Saudita: O limite é de 07 estrangeiros relacionados por partida, muito mais brando que na liga chinesa, e teto salarial? Esquece, quanto puderem pagar eles vão pagar, e é válido ressaltar que muitas dessas contratações servem como propaganda do governo saudita. Assim como foi a compra do Newcastle pelo fundo de investimento PIF, que tem como grande acionista, Mohammad bin Salman, príncipe herdeiro da Arábia Saudita.

O grande desejo da Arábia Saudita é sediar a Copa do Mundo de 2034.