Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

A Biblioteca Nacional estreia uma mostra gratuita de periódicos antigos

A exposição celebra centenário da Coordenação de Publicações Seriadas
Imagem: Reprodução

Nesta sexta-feira (14), a Biblioteca Nacional, localizada no Centro do Rio, abre ao público a exposição intitulada “Uma janela para o armazém de periódicos”. A mostra celebra o centenário da Coordenação de Publicações Seriadas, que foi comemorado no ano passado. A exposição exibe cerca de 80 itens selecionados do acervo da biblioteca, que detém a mais antiga e abrangente coleção de publicações seriadas do Brasil, atualmente composta por mais de 81 mil títulos e 372 mil volumes. A entrada é gratuita, e os visitantes podem desfrutar da exposição de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Um dos destaques raros é o jornal “Vossa Senhoria”, reconhecido pelo Guinness World Records como o menor periódico do mundo. Essa publicação foi lançada pela primeira vez em 1935, na cidade de Goiás, com dimensões de 9 cm x 6 cm. Em 1996, suas dimensões foram reduzidas para 3,5 cm de altura por 2,5 cm de largura. Outra preciosidade do acervo é um exemplar do jornal “O Mulato” ou “O Homem de Cor”, criado em 1833 por Francisco Paula Brito. Esse jornal pioneiro da imprensa negra no Brasil foi o primeiro a lutar contra a discriminação racial e a favor da abolição da escravidão.

A exposição também poderá ser visitada de forma virtual no site da Biblioteca Nacional, que fica na Avenida Rio Branco 219, Centro.